sábado, agosto 02, 2003

Aviso

O Homem a Dias não pretende ser um espaço de debate, reflexão ou procura ideológica. Logo, não será aqui descoberta a bissectriz entre a social-democracia e o liberalismo. Também se promete não incluir, a propósito da questão iraquiana, excertos de 6800 caracteres dos melhores editorialistas húngaros, nem citar na íntegra os sete capítulos do De-Moralization of Society à mais vaga menção do telemóvel do dr. Ferro. No máximo, o Homem a Dias é um espaço sobre a vidinha do Alberto Gonçalves, assunto que me vai interessando e que me sinto habilitado a abordar com suma propriedade. Donde o blogue.