terça-feira, agosto 26, 2003

E ninguém me avisa?

Ao passar os olhos por um post de ontem, reparei ter escrito mal «rentrée», trocando um «e» de sílaba. Para cúmulo, uma rápida pesquisa em sites nacionais mostrou-me que o erro é comum. E insustentável. Que, em Portugal, se esmurre o português, ainda vá; mas levar o francês ao tapete, é gesto grave, a pedir intervenção da embaixada. Estão a ver a falta que a Livraria Francesa faz?