segunda-feira, setembro 08, 2003

Beija-mão

Às vezes o Homem a Dias recebe umas comendas vindas de blogues que não conheço ou não gosto por aí além. O que é chato. Mas sabe bem como o caraças ler os recentes elogios do Mata-Mouros, do Nova Frente ou do Tradução Simultânea, que estão entre o melhor que se produz neste meio umbiguista e livre. Se nem sempre concordo com os respectivos conteúdos, quase de certeza é porque os seus autores são mais sensatos do que eu. E se fazem ou não fazem parte da lista ao lado é irrelevante: a actualização da dita tem sido adiada por mera preguiça deste serviçal. A eles, e a outros que se calhar me vão escapando, o meu muito obrigado.