sexta-feira, setembro 12, 2003

Johnny Cash (1932 - 2003)

No nosso tempo, há um estranho pudor em reconhecer que se tem heróis. Eu tive dezenas, restam-me uns tantos. Entre eles Johnny Cash, 71 anos, norte-americano, cantor e compositor de «Delia’s Gone», «I Still Miss Someone»» e «Walls of a Prison» (que bem conheceu). Estava doente há muito, e os discos finais, desde o prodigioso «American Recordings», são um confronto obsceno e desigual da redenção com o desespero. Há meses, perdera a mulher, June Carter. O seu principal sucesso, «I Walk the Line», arrancava com o verso I keep a close watch on this heart of mine, princípio a que, em inúmeros sentidos, raras vezes obedeceu. Até hoje.