segunda-feira, setembro 22, 2003

Merda filosofal

O Ouvido de Barman acusa-me de recolher inspiração no Herman e, consequentemente, desiludi-lo. Meu caro: embora de modo não deliberado, sucede-me desiludir pessoas de quando em quando; agora, inspirar-me no Herman, isso nunca ninguém tivera a crueldade de sugerir. Ainda que o meu cabelo esteja mais claro (vá lá saber-se porquê), a única inspiração televisiva que reconheço é a do saudoso especialista em gramática do «Acontece» - o sr. Comodisse.
E, de resto, julgo que você exagera. Desilusão mesmo é uma pessoa festejar como um doido a eleição de Manuel Freire para a presidência da SPA - e depois ler algures que o homem não tenciona deixar as cantorias.