sexta-feira, outubro 31, 2003

Labirintos da mente

A dra. Fátima, conselheira económica da embaixada de Felgueiras na Tijuca, diagnosticou ontem uma «amnésia constante» ao PS. Desconheço se a Ordem dos Médicos tenciona abrir um processo à senhora por usurpação de funções - também, um processo a mais ou a menos não fará grande diferença. Chamo contudo a atenção para o facto de uma «amnésia constante» ser, mesmo aos olhos de um leigo, substancialmente distinta de uma «amnésia lacunar», por exemplo. Assim à primeira vista, parece coisa de outra grandeza, merecedora de tratamento prolongado e árdua convalescença. A psiquiatria que decida. Mas uma pessoa sabe que um partido não está nada bem quando os deputados desse partido saúdam, de pé, o regresso do dr. Jorge Coelho. Decerto, contam com uma «amnésia irreversível» do país.