quarta-feira, outubro 08, 2003

Os meus melhores correligionários

A julgar pelo imenso séquito de socialistas que esperava o dr. Pedroso à saída da prisão, é pertinente a dúvida: um político tem amigos?