sábado, novembro 29, 2003

Mr. Madonna

O Rui acha que eu não gosto do Sean Penn por este ser de esquerda. Caro Rui, em primeiro lugar, desconheço se o homem é de esquerda ou não. Das actividades ‘políticas’ do sr. Penn, o único facto que me chegou foi uma ida ao Iraque, infelizmente antes da guerra, para visitar criancinhas tristes graças a Bush. Tecnicamente, a isto chama-se fazer figura de urso, exercício que não é exclusivo da esquerda.
Eu não gosto do moço como não gosto, regra geral, de actores do ‘método’ - aqueles rapazes com muitas caretas e sofrimento interior, que se dilaceram todos em cena ainda que interpretem o papel de um contabilista. Do género, suporto o Montgomery Clift, de vez em quando o Dustin Hoffman, e o de Niro no «Mean Streets». E é só. Os meus filmes e actores são outros, e, no cinema e restantes artes, podes ter a certeza de que a ideologia não entra nas contas. A esquerda, essa, é que em nome da ‘coerência’ talvez ouça o Fausto. Não o de Gounod: o Fausto, Deus meu!