terça-feira, novembro 25, 2003

Poeminha ao 25 de Novembro

E lá murcharam a tua festa, pá
Fiquei contente
Paciência, pá
(Foi indecente).

Sei que há léguas a nos separar
E ainda bem, pá
Nem todo o povo queria estar
Com o MFA