quinta-feira, novembro 06, 2003

Seara alheia

Por mero exibicionismo, assisti a dez minutos do jogo Benfica vs. Uns Escandinavos Anónimos. Desde o primeiro momento, alguma coisa me pareceu estranha. Não, não era só o facto do Benfica já ter marcado dois golos. Era, percebi em seguida, o estilo dos 'comentadores'. Normalmente, os comentadores de futebol asseguram uma notável produção de disparates/segundo. Estes ultrapassavam em muito a normalidade: falavam com a velocidade do Speedy Gonzalez; argumentavam aos tombos e em simultâneo; competiam nas hipérboles, que esticavam de acordo com a pobreza do desafio.
Atribuí a enxurrada à circunstância de uns dos artistas do microfone ser o sr. Fernando Seara, ao que julgo autarca de Sintra. Uma tese, valha a verdade, sem grande sustentação. Anyway: quando o sr. Seara proclamou, em tom de animador de comício no PREC, «O Benfica ‘acelarou’! (sic); o Benfica galvanizou-se!», desliguei o televisor e fui dar de comer aos meus cães. Ontem, os 'estudantes'. Hoje, isto. Às vezes, uma pessoa cansa-se da própria espécie.