quinta-feira, dezembro 18, 2003

Direitos humanos

Será excessivo confessar que não estou nada preocupado com o destino do sr. Saddam, contanto que ele sofra bastante?