terça-feira, dezembro 30, 2003

Miguelismo

Hoje o «Blitz» (o «Blitz»!) distribui, em troca de 14 euros, o «Escrítica Pop», do sr. Cardoso, que a Assírio e Alvim decidiu oportunamente reeditar com duas décadas de atraso. Com a possível excepção da versão hardback de «Teleculinária (e Doçaria)», vol. II, Silva, Chefe (org.), não deve haver livro que eu tenha lido tantas vezes. E só não li mais porque, nos idos de oitenta, um amigo a quem nunca insultarei o suficiente mo ‘perdeu’ (sic). Por via das dúvidas, agora comprei três «Escrítica» e, oficialmente, deixei de ter amigos.