quarta-feira, dezembro 10, 2003

O único RAP de jeito

O Ricardo de Araújo Pereira faz o favor de me chamar (e ao João) ‘reaccionário de qualidade’. De um comuna genial como ele, presumo que seja um dos maiores elogios que uma pessoa pode receber. Por isso, e sem sombra de ironia, confesso a subida honra e, na modesta medida do possível, retribuo-a. [O paleio saiu um bocadinho a dar para o roto, mas uma vez passa.]