segunda-feira, dezembro 22, 2003

Praticamente um João Gilberto

Hoje, cancelada à última hora uma ida a Lisboa, declarei-me de férias. Há tempo para ler o jornal nas calmas (incluindo os resultados da II Divisão B, zona Norte), adquirir um leitor de MP3, levar o carro à lavagem (capriche no interior, sff), conversar com os cães (actualmente, quatro), escrever um post ou dois. Compras de Natal? Cumprindo uma regra íntima instituída o ano passado, não faço compras de Natal, não dou prendas de Natal, não reconheço a existência do Natal.
E ainda por cima o dia está lindo, fresco e luminoso como se querem os dias e o moderno romance português. Só me apetece cantar - e dado que o blogue é mudo, vocês não sabem o que perdem.