segunda-feira, janeiro 05, 2004

Quitério terminal

Durante os últimos dias, a Sic Notícias abriu 376 noticiários com os atrasos da Air Luxor. Assim, pudemos contemplar 376 vezes as declarações daquele passageiro que se queixava do arroz servido no restaurante do aeroporto: «Colava-se aos dentes», garantiu. Eu compreendo a dor do sujeito, dado que também não aprecio intimidades excessivas entre o arroz e a dentição. Mas acrescento, a bem do equilíbrio informativo, que já viajei em várias ocasiões com a Air Luxor e nunca tive problemas horários, dentários ou outros. O que não posso dizer sobre algumas companhias estatais, que me prendaram com generosas esperas sem que as televisões me pedissem uma crítica gastronómica. Tivessem pedido e eu dava-lhes o arroz.