segunda-feira, fevereiro 09, 2004

União Nacional

Pela voz do informadíssimo Jorge Coelho, ficámos a saber que, depois de Ferro Rodrigues, o PS tem quatro líderes em potência: António Costa, José Sócrates, Tozé Seguro e o próprio dr. Coelho. Não sei se é caso inédito, mas, em qualquer democracia de que nos possamos lembrar, trata-se certamente de uma das raras ocasiões em que o maior partido da oposição abdica voluntária e conscientemente da possibilidade de formar governo nos anos mais próximos. Se isto não é um pacto de regime, o que é um pacto de regime?