quarta-feira, março 24, 2004

Profundidade de campo

O noticiário da Sic passa uma breve entrevista com Sebastião Salgado, a partir do Hotel da Lapa. A tv está sem som, mas aposto que o fotógrafo discorre sobre a miséria do mundo, como habitualmente. Como habitualmente, vejo o sujeito e lembro-me da sentença de Millôr: "Pobre, enquadrado no ângulo certo, rende um dinheirão."