sexta-feira, novembro 26, 2004

Partilhar a Verdade

Li agora, Ricardo. Não me surpreendo. Devagarinho, o mundo civilizado curva-se ante as evidências.
[Eu comprei isto logo que foi editado e posso testemunhar: o Like an Angel..., com o arcordeão do Benny Andersson, é a canção mais bonita do disco. Mais: aposto que a versão original, do álbum The Visitors, serviu de inspiração e não só para uma ou duas coisas dos This Mortal Coil e para a obra completa da Julee Cruise.]