segunda-feira, julho 04, 2005

Casca de citrino, incesto de limão

Na Caixinha de Música, aí ao lado, a "imoralidade" que Gainsbourg gravou com a filha, Charlotte, sobre melodia de Chopin. Ainda mais "imoral" era o vídeo, com Serge e o rebento, à altura muito menor, enrolados e semi-nus em cama um nadinha mortuária. Procurei na net e não consegui arranjar. Está disponível em DVD, no essencial De Serge Gainsbourg a Gainsbarre ou no recente D'Autres Nouvelles des Étoiles. Resta acrescentar que Charlotte cresceu e hoje é actriz de certa fama. Protagonizou Jane Eyre, um dos filmes menos horrorosos de Zeffirelli (com William Hurt) e, em 2001, A Minha Mulher é uma Actriz, que é apreciável. Também entrou no 21 Gramas, o qual, sendo com Sean Penn, naturalmente não vi. Actualmente, está a fazer a fita de Todd Haynes sobre Bob Dylan, com Adrien Brody, Julianne Moore e Richard Gere.