quinta-feira, julho 07, 2005

Paráfrase de Jerónimo ou De certeza que o PCP merece mesmo reconhecimento legal?

Perante a cimeira do G8, a decorrer enquanto em Londres se contam cadáveres, o Homem a Dias alerta para as tentativas do seu aproveitamento para justificar o fundamentalismo, o terrorismo, a toleima dogmática, a violação de direitos, liberdades e garantias dos cidadãos, o assassínio, a cópia de crónicas da The Nation, os agitadores profissionais e a agressão indiscriminada da civilização, em si mesmo factores de alimento da pobreza (de espírito do Partido Comunista Português e de boa parte da esquerda internacional).