terça-feira, outubro 04, 2005

Quotidiano celeste

Meio país deslocou-se a Argozelo para observar o eclipse. Fizeram-se milhares de fotografias e filmes, preencheram-se umas páginas dos jornais e uns minutos dos noticiários. Óptimo, mas já muito visto. Aqui no Homem a Dias, revela-se um fenómeno extraordinário, se calhar inédito e com certeza irrepetível na imprensa dos próximos cento e tal anos: Argozelo, ao fundo, visto da minha casa, sem eclipse e aparentemente sem mirones a olhar para o céu, aliás de um azul lindo.