quarta-feira, julho 26, 2006

Código de conduta

Vai para aí tanto debate e, segundo recolhi da opinião especializada, a resolução de todos os problemas, maçadas, doenças e achaques em Gaza, em Beirute, no Médio Oriente e no mundo passa pela observância de um simples pressuposto: não irritar os muçulmanos. Claro que, antes de mais, isso exige a eliminação de Israel. Elimine-se. E depois? Será que os muçulmanos vão querer um chá com torradinhas? Pouca manteiga? Pronto, e olhem que é da magra. Está bem assim? Se preferirem, têm aqui o adoçante. Querendo mais alguma coisa, basta pedir. Estão mais calminhos, estão? Assim é que é bonito. E não se esqueçam: estamos sempre às ordens de V. Exas. Não vale a pena a gente irritar-se.